Tranquilizantes  são medicamentos que atuam diminuindo a ansiedade e tensão dos animais.  Na classe dos tranquilizantes apresentamos aqui primeiramente os fenotiazínicos os quais a acepromazina, a levomepromazina, clorpromazina, hipotensores entram nessa classe de tranquilizantes. Podem ser utilizados em mamíferos, répteis e aves.

Os benzodiazepínicos, fusão de benzeno com um anel diazepínico, atuam aumentando o efeito do neurotransmissor natural (congênito), o “ácido gama-aminobutírico” (GABA). Portanto, os benzodiazepínicos aumentam (potencializam) efeitos já existentes no homem e em outros animais. Estas substâncias químicas funcionam como inibidoras; atenuam as reações químicas provocadoras da ansiedade. Os benzodiazepínicos seriam, assim, agonistas (fortalecedores) do sistema GABA.

Os benzodiazepínicos produzem cinco efeitos principais no organismo: sedativos, hipnóticos, ansiolíticos,relaxantes musculares e anticonvulsivantes. Os efeitos descritos são diferentes conforme o benzodiazepínico, entretanto, as respostas citadas estão presentes em todos os eles.