Cachorro com remela

A secreção que se forma no canto dos olhos dos cães, também chamado popularmente de “remela” é o que sobra das lágrimas quando acordamos. A lágrima é essencial para a lubrificação dos olhos e é formada por  uma camada de muco, responsável por reter partículas de poeira, outra camada líquida que fornece sal, proteínas e outros componentes para manter a córnea saudável e por último uma camada de gordura que ajuda a prevenir a evaporação da lágrima na superfície dos olhos, já que é mais externa.  Uma vez produzidas, as lágrimas se espalham a partir do movimento de abrir e fechar os olhos protegendo. O excesso desse fluído se acumula no canto dos olhos, junto com qualquer partícula de sujeira. As glândulas diminuem a produção da parte aquosa da lágrima, porém, a produção de muco e gordura continuam. O ressecamento da a origem a remela. Para limpar a secreção basta passar uma gaze seca no local, se a remela já estiver bem endurecida faça uso do soro fisiológico.

É importante prestar atenção se a secreção estiver se apresentando de forma anormal. A secreção toma uma cor diferente da habitual (marrom), o animal pode começar a esfregar os olhos em superfícies para coçar e ele pode lacrimejar. É preciso investigar, pois isso pode ser tanto uma reação ao atrito da pelagem com os olhos do animal, como pode ser algo mais preocupante como uma conjuntivite. Nunca deixe de procurar um veterinário.

 


Deixe seu comentário para: Cachorro com remela

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>