O escorpião amarelo é encontrado facilmente na região sudeste do Brasil, mede cerca de 6,5 cm e como o nome infere tem a coloração amarelada. Pertencentes a classe Arachnida o escorpião amarelo (Tytius serrulatus) é responsável pela maioria dos acidentes escorpiônicos no Brasil, possui o veneno com atividade neurotóxica, ou seja, age no sistema nervoso. A maioria desses acidentes ocorre em regiões urbanas principalmente em locais sujos e com entulhos.

                A reprodução do escorpião se dá pela partenogênese, ou seja, os óvulos se desenvolvem originando um novo indivíduo sem a necessidade de uma fecundação. A fêmea só necessita de boas condições de calor e alimentação. Alimentam-se de baratas e outros insetos. Vivem em média 8 anos.