O escorpião-preto ou escorpião-marrom como são conhecidos (Tityus bahiensis) tem grande importância pelo veneno com ação neurotóxico, seu veneno não é tão potente quanto o do escorpião- amarelo, mas o acidente deve ser tratado com rapidez. São animais que possuem hábitos noturnos e que se alimentam de baratas, grilos, aranhas e outros invertebrados.

Eles medem cerca de 6 cm, e possuem a carapaça bem escura e as patas de uma coloração marrom. Não são tão agressivos, mas se sentirem ameaçados vão se defender. Fêmeas prenhas costumam ser mais agressivas por questões de proteção, elas enfrentam sem medo o que precisar. Esses animais vivem cerca de 4 anos.