A Poluição Marinha é algo que vem ocorrendo cada vez mais com maior freqüência e pode ainda dizimar espécies aquáticas. Desde sacolas plásticas a pesticidas todo lixo que produzimos eventualmente atinge os oceanos. Ainda contamos com o derramamento de óleo que causa um dano considerável no ambiente marinho cerca de 12% ao ano é a quantidade de óleo que provém do derramamento, porém, nem se compara a quantidade de óleo que provém de cidades e industrias segundo estudos esse numero chega a 36%.

Outro grande fator são os fertilizantes que são desperdiçados de fazendas e plantações em geral. Os nutrientes extras no solo e nos rios causam a eutrofização – o excesso de nutrientes causa um aumento de algas no meio, essas por sua vez diminuem o nível de oxigênio sufocando assim a vida marinha. A eutrofização é responsável por grandes áreas sem vida em diversas partes do mundo incluindo o Golfo do México e o Mar Báltico.

O lixo sólido, assim chamado, também prejudica o ambiente marinho. Sacolas de plástico, bexigas, garrafas de bebida, sapatos, redes de pesca, rótulos e embalagens em geral são algumas das diversidades que se encontra no fundo do mar, isso acontece devido às pessoas não jogarem de forma correta o lixo, praticamente tudo que é jogado de forma impensada acaba atingindo os oceanos.

Lixos plásticos são algo que devemos ter mais cuidado, eles decompõe de uma forma vagarosa e é freqüentemente confundido com comida por aqueles que lá habitam. Altas concentrações de material plástico, principalmente sacolas tem sido encontradas bloqueando a respiração e passagem para o estômago de muitas espécies marinhas tais como baleias, golfinhos, focas, aves marinhas e principalmente tartarugas.

Em muitas partes do mundo fluxo de esgoto não tratado ou sob tratamento acabam parando também no oceano. Um exemplo disso é que 80% do esgoto urbano é descarregado no mar mediterrâneo sem tratamento. Esse esgoto pode levar a eutrofização mais rápida além de causar doenças.

É necessário que tenhamos mais consciência e saibamos o que fazer com nosso lixo, sempre tratá-los da melhor forma. Jogando lixo tóxico em locais adequados, reciclando tudo aquilo que for permitido sempre utilizar alternativas para evitar a poluição como banir ou diminuir o uso de sacolas plásticas. Cada um fazendo sua parte poderemos ajudar a salvar o planeta.