Sinusite ocorre em animais de grande porte também, é um processo inflamatório e infeccioso que acomete os seios paranasais maxilares e frontais. A sinusite pode ser primária:  decorrente de infecções do trato respiratório anterior (Streptococcus equi e S. zooepidérmicos), a sinusite secundária ocorre devido problemas dentários (fratura de dentes, lesões periodontais, periostite alveolar).

O animal que desenvolve sinusite pode apresentar assimetria facial (distensão, neoplasias e fraturas), corrimento nasal unilateral (seroso-mucopurulento), apatia, alteração ou não do som da percussão, odor fétido e aumento dos linfonodos sub mandibulares. Para o diagnóstico pode ser feito exame radiográfico da face ou exame endoscópico, o qual podemos ver a presença ou não da secreção dos seios. O tratamento é feito com antibióticos e sempre tratar a causa base.